sábado, 16 de abril de 2011

Motivo



Uma rosa,
maravilha tão cheirosa, 
que te faz tão prazerosa 
fonte inesgotável
de sorrisos e abraços
de beijos e retratos
motivo de muitas mortes, 
para uns é pura sorte
e a outros se faz forte, 
como o vento rumo ao norte
passageira tão sincera
porta-voz da primavera
amiga companheira
como árvore fruteira
não sei dizer...
só sei que um dia
por uma rosa
irei morrer
para assim
poder viver

2 comentários:

lari castro disse...

UAl, nem precisa dizer mais nada.
Essa poesia é minha *-*
Pronto, amei de verdade

Daniel Ribeiro disse...

hehehe =) este é o meu poema preferido de todos os que já escrevi... é simples, tem rítmo e passa uma bela mensagem...